Menu
PRÊMIO CAYMMI DE MÚSICA REVELA 22 VENCEDORES EM CERIMÔNIA INSPIRADA PELO MOVIMENTO TROPICALISTA

Noite de premiação reuniu mais de 1.500 pessoas no Teatro Castro Alves, em Salvador

O Prêmio Caymmi de Música volta à sua casa original para a noite mais significativa dessa segunda edição. Em função das chuvas constantes em Salvador, com o intuito de garantir para artistas e público uma cerimônia sem intercorrências, a premiação acontecerá agora na Sala Principal do Teatro Castro Alves, no dia 18 de agosto (sexta-feira), às 20h. Celebrando a música da Bahia, reconhecendo novos artistas e movimentando toda a cadeia produtiva do estado, o Prêmio faz uma homenagem aos 50 anos de um dos movimentos culturais brasileiros mais transformadores: a Tropicália.

Em um espetáculo multimídia, o diretor artístico Márcio Meirelles apresenta ao público o ‘Bandão Caymmi’, grande banda mista formada por 37 artistas finalistas, entre intérpretes, músicos e arranjadores. “Sendo a referência maior o tropicalismo, o espetáculo contará com interação de várias linguagens, tendo como máxima a música baiana, e será construído de forma colaborativa pelos artistas, que são os maiores representantes desse movimento musical atual”, explica o diretor.

No Bandão, nomes como Achiles, Aiace, Caian, Duo Bavi, Filipe Lorenzo, Flavia Wenceslau, Jr Maceió, Kalu, Luedji Luna, Pirombeira, Renata Bastos, Santini e Trio, Silvio de Carvalho, Skanibais e Tabuleiro Musiquim. Revezando-se no palco, os artistas farão um show com direção musical de Alexandre Lins e que terá como base o disco icônico Tropicália ou Panis et Circenses, lançado no auge do movimento, em 1968. Com eles, as participações especiais do cantor Saulo e da cantora Alice Caymmi. Convidado inicialmente, o cantor e compositor Tom Zé não pôde manter a sua participação por incompatibilidade de data. ​

Pela primeira vez aberta ao público, a cerimônia segue com venda de ingressos a preços populares de R$ 20 (meia-entrada) e R$ 40 (inteira). “Dessa vez, o Prêmio Caymmi se aproxima mais do público, que abraçou todo esse movimento que teve início no ano passado e se consolidou com o Festival Caymmi este ano, recebendo mais de 15 mil pessoas em quatro edições, fomentando público e movimentando a cultura para além do eixo tradicional de eventos”, ressalta Elaine Hazin, diretora geral do Prêmio.

Com o mote ‘Música em Movimento’, a segunda edição do Prêmio Caymmi terá 22 vencedores escolhidos entre os 110 artistas, produtores e trabalhos finalistas. Entre as categorias, quatro principais – Show, Canção, Música Instrumental e Videoclipe – e outras 18 subcategorias técnicas. Para as categorias principais, além do troféu, os ganhadores receberão uma premiação em dinheiro. Entre os nomes finalistas, destaques para o grupo Pirombeira, indicado em oito categorias, e os artistas Larissa Luz, Filipe Lorenzo e Livia Nery, todos com seis indicações cada. A lista completa dos indicados está disponível no site oficial www.premiocaymmi.com.br.

Lançado em novembro de 2016, o Caymmi alcançou em um mês de inscrições a marca recorde de 489 inscritos. De lá para cá, foram nove meses de atividades movimentado a cena musical da Bahia, produzindo quatro edições do Festival Caymmi, evento gratuito que percorreu diferentes bairros da capital baiana levando arte, ações socioculturais e de sustentabilidade.

Com realização da Via Press Comunicação e Eventos, o Prêmio Caymmi de Música conta com patrocínio exclusivo da Prefeitura Municipal de Salvador, parceria da Vivo e do Governo do Estado da Bahia, além de apoio da TV Bahia, TVE e Rádio Educadora. Os ingressos para noite de premiação podem ser adquiridos na bilheteria do Teatro Castro Alves, nos SACs dos Shoppings Barra e Bela Vista ou pelo site www.ingressorapido.com.br.

Para aqueles que já haviam adquirido ingressos antes da mudança de data e local, as orientações para troca e ressarcimento do valor pago são as seguintes: Ingressos comprados podem ser trocados por ingressos para a nova data ou cancelados com o estorno da compra. Para ingressos adquiridos na bilheteria do TCA ou SACs, o Titular da Compra pode se dirigir a Bilheteria do TCA apresentando Documento Oficial com Foto e CPF, além do ingresso do espetáculo anterior. Para ingressos comprados pelo site ingressorapido.com.br, ou app, só poderá ser realizada pelo mesmo canal de compra.

 

Conheça os vencedores:

Categoria: MÚSICA COM LETRA

  • ‘Instante pra se lembrar’ – Ian Cardoso / Pirombeira

Categoria: MÚSICA COM LETRA

  • ‘Amálgama’ / Luã Almeida

SUBCATEGORIAS MÚSICA COM LETRA E MÚSICA COM LETRA

Melhor Intérprete Feminino:

  • Flavia Wenceslau / Por Uma Folha

Melhor Intérprete Masculino:

  • Giovani Cidreira / Um Capoeira

Melhor Intérprete Instrumental:

  • Raoni Maciel / Violão / Cadê João? e Giro do Sol

Melhor Arranjo:

  • Ubiratan Marques / Branco / Orquestra Afrosinfônica

Melhor Produção Musical:

  • André Luis Magalhães Costa Pinto / Maya / Kromosons Brazil


Categoria: SHOW

  • Pirombeira

SUBCATEGORIAS SHOW

Melhor Intérprete Feminino

  • Livia Nery

 Melhor Intérprete Masculino

  • Achiles

Melhor Instrumentista

  • Flaviano Gallo / Bateria / Santini Trio

Melhor Banda

  • Santini & Trio

Melhor Direção Artística

  • Jackson Costa / Show Celo Costa

Melhor Direção Musical

  • Ubiratan Marques / Show Nara Couto

Destaque Técnico

  • Fred Alvin / Iluminação

Melhor Produção

  • Humberto Vale “Curujito” / Skanibais

Revelação

  • Luedji Luna

Categoria: VIDEOCLIPE

  • Bonecas Pretas / Larissa Luz

 

SUBCATEGORIAS VIDEOCLIPE

Melhor Direção

  • Glauco Neves e Bruno Souri / Modo Hard / Circo De Marvin

Melhor Fotografia

  • Pablo Moreno Pires / Canto Africano / Raquel Monteiro

Melhor Produção

  • Adriano Ribeiro / Modo Hard / Circo De Marvin

Melhor Roteiro

  • Luan Ragedo / Kamikaze / Dario Nunes Moreira
PRÊMIO CAYMMI DE MÚSICA TEM NOVA DATA E LOCAL

Sala principal do Teatro Castro Alves receberá a cerimônia no dia 18 de agosto

O Prêmio Caymmi de Música volta à sua casa original para a noite mais significativa dessa segunda edição. Em função das chuvas constantes em Salvador, com o intuito de garantir para artistas e público uma cerimônia sem intercorrências, a premiação acontecerá agora na Sala Principal do Teatro Castro Alves, no dia 18 de agosto (sexta-feira), às 20h. Celebrando a música da Bahia, reconhecendo novos artistas e movimentando toda a cadeia produtiva do estado, o Prêmio faz uma homenagem aos 50 anos de um dos movimentos culturais brasileiros mais transformadores: a Tropicália.

Em um espetáculo multimídia, o diretor artístico Márcio Meirelles apresenta ao público o ‘Bandão Caymmi’, grande banda mista formada por 37 artistas finalistas, entre intérpretes, músicos e arranjadores. “Sendo a referência maior o tropicalismo, o espetáculo contará com interação de várias linguagens, tendo como máxima a música baiana, e será construído de forma colaborativa pelos artistas, que são os maiores representantes desse movimento musical atual”, explica o diretor.

No Bandão, nomes como Achiles, Aiace, Caian, Duo Bavi, Filipe Lorenzo, Flavia Wenceslau, Jr Maceió, Kalu, Luedji Luna, Pirombeira, Renata Bastos, Santini e Trio, Silvio de Carvalho, Skanibais e Tabuleiro Musiquim. Revezando-se no palco, os artistas farão um show com direção musical de Alexandre Lins e que terá como base o disco icônico Tropicália ou Panis et Circenses, lançado no auge do movimento, em 1968. Com eles, as participações especiais do cantor Saulo e da cantora Alice Caymmi. Convidado inicialmente, o cantor e compositor Tom Zé não pôde manter a sua participação por incompatibilidade de data. ​

Pela primeira vez aberta ao público, a cerimônia segue com venda de ingressos a preços populares de R$ 20 (meia-entrada) e R$ 40 (inteira). “Dessa vez, o Prêmio Caymmi se aproxima mais do público, que abraçou todo esse movimento que teve início no ano passado e se consolidou com o Festival Caymmi este ano, recebendo mais de 15 mil pessoas em quatro edições, fomentando público e movimentando a cultura para além do eixo tradicional de eventos”, ressalta Elaine Hazin, diretora geral do Prêmio.

Com o mote ‘Música em Movimento’, a segunda edição do Prêmio Caymmi terá 22 vencedores escolhidos entre os 110 artistas, produtores e trabalhos finalistas. Entre as categorias, quatro principais – Show, Canção, Música Instrumental e Videoclipe – e outras 18 subcategorias técnicas. Para as categorias principais, além do troféu, os ganhadores receberão uma premiação em dinheiro. Entre os nomes finalistas, destaques para o grupo Pirombeira, indicado em oito categorias, e os artistas Larissa Luz, Filipe Lorenzo e Livia Nery, todos com seis indicações cada. A lista completa dos indicados está disponível no site oficial www.premiocaymmi.com.br.

Lançado em novembro de 2016, o Caymmi alcançou em um mês de inscrições a marca recorde de 489 inscritos. De lá para cá, foram nove meses de atividades movimentado a cena musical da Bahia, produzindo quatro edições do Festival Caymmi, evento gratuito que percorreu diferentes bairros da capital baiana levando arte, ações socioculturais e de sustentabilidade.

Com realização da Via Press Comunicação e Eventos, o Prêmio Caymmi de Música conta com patrocínio exclusivo da Prefeitura Municipal de Salvador, parceria da Vivo e do Governo do Estado da Bahia, além de apoio da TV Bahia, TVE e Rádio Educadora. Os ingressos para noite de premiação podem ser adquiridos na bilheteria do Teatro Castro Alves, nos SACs dos Shoppings Barra e Bela Vista ou pelo site www.ingressorapido.com.br.

Para aqueles que já haviam adquirido ingressos antes da mudança de data e local, as orientações para troca e ressarcimento do valor pago são as seguintes: Ingressos comprados podem ser trocados por ingressos para a nova data ou cancelados com o estorno da compra. Para ingressos adquiridos na bilheteria do TCA ou SACs, o Titular da Compra pode se dirigir a Bilheteria do TCA apresentando Documento Oficial com Foto e CPF, além do ingresso do espetáculo anterior. Para ingressos comprados pelo site ingressorapido.com.br, ou app, só poderá ser realizada pelo mesmo canal de compra.

 

SERVIÇO:

Prêmio Caymmi de Música – 2 ª edição

Data: 18 de agosto de 2017 (sexta-feira)

Local: Teatro Castro Alves (Praça Dois de Julho, s/n – Campo Grande)

Horário: 20h

Valor: R$ 20 (meia) e R$ 40 (inteira)

Obrigatória a apresentação da carteira de estudante

Vendas: Bilheteria do TCA, SACs dos Shoppings Barra e Bela Vista ou pelo site www.ingressorapido.com.br

Classificação: Livre

PRÊMIO CAYMMI DE MÚSICA TEM INGRESSOS À VENDA

Cerimônia acontece na Concha Acústica do TCA, no dia 11 de agosto e tem participações confirmadas de Tom Zé e Saulo

Um dos movimentos culturais brasileiros mais transformadores, a Tropicália será a grande homenageada da cerimônia do Prêmio Caymmi de Música – 2ª edição. Premiação que reconhece e valoriza artistas novos e contemporâneos da Bahia, o Caymmi chega a essa noite de consagração agora mais próximo do público. O evento acontece na Concha Acústica do Teatro Castro Alves, dia 11 de agosto (sexta-feira), às 19h, e é um convite aberto aos baianos que podem, pela primeira vez, adquirir ingressos para a cerimônia a preços populares de R$ 20 (meia-entrada) e R$ 40 (inteira), para o primeiro lote.

Em uma ode aos 50 anos do tropicalismo, celebrados em 2017, o espetáculo conduzido pelo diretor artístico Márcio Meirelles lembrará esse movimento que marcou pelo exercício da liberdade criativa, produzindo uma arte ousada, que misturava tradição e modernidade de forma até então nunca experimentada no Brasil. O Prêmio será protagonizado por 17 artistas e bandas finalistas na categoria ‘Show’ que subirão juntos ao palco em uma formação inédita. Com eles, as participações especiais do tropicalista Tom Zé e do cantor Saulo.

No palco, os artistas formarão juntos o ‘Bandão Caymmi’ em show com direção musical de Alexandre Lins e que terá como base o disco icônico Tropicália ou Panis et Circenses, lançado no auge do movimento, em 1968. Entre os finalistas confirmados para o show estão: Achiles, Aiace, Caian, Duo Bavi, Filipe Lorenzo, Flavia Wenceslau, IFÁ, Jr Maceió, Kalu, Lívia Nery, Luedji Luna, Pirombeira, Renata Bastos, Santini e Trio, Silvio de Carvalho, Skanibais e Tabuleiro Musiquim.

“Será um espetáculo multimídia, com interação de várias linguagens, tendo como máxima a música baiana e construído de forma colaborativa pelos artistas que são os maiores representantes desse movimento musical atual”, explica o diretor Márcio Meirelles. Com o mote ‘Música em Movimento’, a segunda edição do Prêmio Caymmi terá 22 vencedores escolhidos entre os 110 artistas, produtores e trabalhos finalistas.

Entre as categorias, quatro principais – Show, Canção, Música Instrumental e Videoclipe – e outras 18 subcategorias técnicas. Para as categorias principais, além do troféu, os ganhadores receberão uma premiação em dinheiro. Entre os nomes finalistas, destaques para o grupo Pirombeira, indicado em oito categorias, e os artistas Larissa Luz, Filipe Lorenzo e Livia Nery, todos com seis indicações cada. A lista completa dos indicados está disponível no site oficial www.premiocaymmi.com.br.

“Nessa segunda edição, o Prêmio Caymmi faz uma cerimônia com os artistas baianos participam não somente como finalistas ou premiados, mas como protagonistas maiores de uma grande noite em que celebraremos a música e esse movimento tão fundamental que foi a Tropicália”, resume Elaine Hazin, diretora geral do Prêmio.

Lançado em novembro de 2016, o Caymmi alcançou em um mês de inscrições a marca recorde de 489 inscritos. De lá para cá, foram nove meses de atividades movimentado a cena musical da Bahia, produzindo quatro edições do Festival Caymmi, evento gratuito que percorreu diferentes bairros da capital baiana levando arte, ações socioculturais e de sustentabilidade.

Com realização da Via Press Comunicação e Eventos, o Prêmio Caymmi de Música conta com patrocínio exclusivo da Prefeitura Municipal de Salvador, parceria da Vivo e do Governo do Estado da Bahia, além de apoio da TV Bahia, TVE e Rádio Educadora. Os ingressos para noite de premiação podem ser adquiridos na bilheteria do Teatro Castro Alves, nos SACs dos Shoppings Barra e Bela Vista ou pelo site www.ingressorapido.com.br.

 

SERVIÇO:

Prêmio Caymmi de Música – 2 ª edição

Data: 11 de agosto de 2017 (sexta-feira)

Local: Concha Acústica do TCA (Praça Dois de Julho, s/n – Campo Grande)

Horário: 19h

Valor: Primeiro Lote | Pista: R$ 20 (meia) e R$ 40 (inteira); Camarote: R$ 40 (meia) e R$ 80 (inteira)

Obrigatória a apresentação da carteira de estudante

Vendas: Bilheteria do TCA, SACs dos Shoppings Barra e Bela Vista ou pelo site www.ingressorapido.com.br

Classificação: Livre

Prêmio Caymmi de Música divulga lista de finalistas

Premiação acontece em agosto, na Concha Acústica do TCA, e será aberta ao público pela primeira vez

Em nova casa e com novo formato, o Prêmio Caymmi de Música – 2ª edição chega no próximo mês à sua noite mais significativa: a cerimônia de premiação. Marcada para o dia 11 de agosto, na Concha Acústica do TCA, o evento será uma celebração à música contemporânea da Bahia e, pela primeira vez, faz um convite aberto à plateia, reunindo público e artistas, tornando-se acessível para cinco mil pessoas por meio da venda de ingressos.

Estes e outros detalhes da premiação foram apresentados durante o evento de anúncio dos indicados ao Prêmio Caymmi que aconteceu nesta terça-feira (4), no Teatro Gregório de Mattos, em Salvador. O encontro contou com a presença de artistas concorrentes, membros da comissão julgadora, representantes da Prefeitura Municipal de Salvador, patrocinadora do Prêmio, e imprensa.

Ao todo, 110 artistas, trabalhos, produtores e profissionais concorrem como finalistas em 22 categorias premiadas, sendo quatro principais – Show, Música com Letra, Música Instrumental e Videoclipe – e outras 18 categorias técnicas. Entre os nomes, destaques para o grupo Pirombeira, indicado em oito categorias, e os artistas Larissa Luz, Filipe Lorenzo e Livia Nery, todos com seis indicações cada. A lista completa com os nomes de todos os artistas está disponível no site oficial www.premiocaymmi.com.br.

“O Prêmio cresceu! Tivemos um número recorde de inscrições e uma excelente qualidade nos trabalhos apresentados, mostrando que a música da Bahia está, sim, viva e vibrante. Isso possibilitou, nesses oito meses de Caymmi, uma movimentação que saiu dos espaços fechados e chegou às ruas, aos espaços públicos, formando plateias e levando a nova música para novos lugares”, destacou Elaine Hazin, diretora geral do Prêmio Caymmi.

Os finalistas foram selecionados pela comissão julgadora do Prêmio Caymmi formada por nomes como Juliana Ribeiro, Jarbas Bittencourt, Alexandre Leão, Rowney Scott e Luciano Matos, tendo como suplentes Manuela Rodrigues e Guiga Scott. Após triagem, os 489 trabalhos inscritos passaram por criteriosa avaliação da comissão julgadora que, com base em critérios técnicos, selecionou os finalistas.

“Participar de uma comissão como essa é de uma riqueza absurda. Pudemos estar presente em shows, ouvir novas composições, assistir novos videoclipes, participar dessa gama de coisas. Muitos dos trabalhos que chegaram até nós era impossível rotular, não era samba, não era rock, era puramente música e em uma diversidade de qualidade surpreendentes”, definiu a cantora e compositora Juliana Ribeiro, membro da comissão julgadora do Prêmio.

 

Premiação

Com o mote ‘Música em Movimento’, o Prêmio Caymmi destaca e valoriza a música contemporânea produzida na Bahia e faz, nessa segunda edição, uma homenagem àquele que foi um dos movimentos musicais brasileiros mais transformadores: a Tropicália. Ratificando a missão de ser uma premiação democrática, múltipla e, principalmente, formadora de novas plateias, pela primeira vez, a solenidade do Prêmio Caymmi será um convite aberto ao público em geral.

Buscando fortalecer a movimentação iniciada durante os quatro eventos do Festival Caymmi de Música, que movimentou a cena musical de Salvador chegando a um público estimado em 15 mil pessoas, o Prêmio inova levando a noite de premiação à Concha Acústica do Teatro Castro Alves, em um evento com venda de ingressos a preços populares e que conta com patrocínio exclusivo da Prefeitura Municipal de Salvador.

“Sou testemunha viva da importância dessa premiação para a Bahia, para a classe artística da música. Vi como ele começou e retomá-lo é super importante. Acompanhei os festivais esse ano e fiquei impressionado com a qualidade do que foi apresentado. E, por tudo isso, digo, vida longa ao Prêmio Caymmi, sempre com novidades e renovação”, resumiu Fernando Guerreiro, presidente da Fundação Gregório de Mattos, que representou a Prefeitura de Salvador no evento.

A cerimônia de premiação está confirmada para o dia 11 de agosto e terá direção artística assinada por Márcio Meirelles, direção musical de Alexandre Lins, além de show com os artistas finalistas e participação especial de   artistas convidados.

Com realização da Via Press Comunicação e Eventos, o Prêmio Caymmi de Música conta com patrocínio exclusivo da Prefeitura Municipal de Salvador, com apoio da Vivo, do Governo do Estado da Bahia, além de BAND Bahia, Band News FM, TVE e Rádio Educadora.

 

Confira a lista de indicados por categorias:

– Melhor Show –

Duo BAVI

Filipe Lorenzo

Pirombeira

Sertanília

Skanibais

 

– Categoria Show: Intérprete Masculino –

Achiles

Silvio de Carvalho (Tabuleiro Musiquim)

Kalu (Kalu // Forró da Gota)

Teago Oliveira (Maglore)

Filipe Lorenzo

 

– Categoria Show: Intérprete Feminino –

Aiace

Flávia Wenceslau

Livia Nery

Luedji Luna

Renata Bastos

 

– Categoria Show: Instrumentista –

Alan Vilas Boas | bateria |“Gazumba”, “Suinga”,“Tabuleiro Musiquim” e “Tutano”

Aline Falcão | teclado e sanfona |“Danilo Fonseca” e “Pirombeira”

Flaviano Gallo | bateria |“Santini & Trio”

Jr Maceió | sax  |“Jr Maceió”

Livia Nery | live eletronics  |“Lívia Nery”

 

– Categoria Show: Direção Artística –

Alexandre Lins | show “Skanibais”

Jackson Costa |show “Celo Costa”

Larissa Luz |show “Larissa Luz”

Marivaldo dos Santos e Fernanda Mello | show “Quabales”

Talis Castro e Daniel Farias |show “Filipe Lorenzo”

 

– Categoria Show: Direção Musical –

Bira Marques |show “Nara Couto”

Anderson Cunha |show “Sertanília”

Grupo Pirombeira |show “Pirombeira”

Átila Santana, Fabrício Mota e Jorge Dubman |show “IFÁ”

Paulo Mutti |show “Filipe Lorenzo”

 

– Categoria Show: Destaque Técnico –

Caji | Sonorização |show “Thiago Trad”

Fred Alvin |Iluminação | shows: “Caian”,” Caru”, “Coletivo Aldeia Cênico”, “Danilo Fonseca”, “Filipe Lorenzo”, “Pietro Leal” e “Três Um Só”

João Pucci | VJ | show “Laia Gaiatta”

Maurício Pedrosa | Cenografia  | show “Aldeia Coletivo Cênico”

Zuarte Jr – Cenografia |shows “Celo Costa”  e “Flávia Wenceslau”

 

– Categoria Show: Produção –

Humberto Vale “Curujito” |“Skanibais”

Diana Pinto, Mariana Damásio, Marina Fonseca e Marry Rodrigues |“Aldeia Coletivo Cênico”

Multi Planejamento |“Pirombeira”

Alan Lobo|“Caian”

Edmilia Barros |“Filipe Lorenzo”

 

– Categoria Show: Revelação –

Africania

Caian

Duo BAVI

Lívia Nery

Luedji Luna

 

– Categoria Show: Banda –

Santini & Trio

Tabuleiro Musiquim

IFÁ

Pirombeira

Skanibais

 

– Melhor Música com Letra –

“Branco” | Ubiratan Marques |Orquestra Afrosinfônica

“Forte, Valente Coração “ | Luã Almeida Pereira, Diego Cardoso Azevedo, Jackson Almeida Pereira e Vinícius Cerqueira Mendes | Baiano Mundo

“Instante pra se Lembrar” | Ian Cardoso | Pirombeira

“Ode à Ilusão” | Henrique Ch | Henrique Ch

“Vulcanidades” | Lívia Nery | Lívia Nery

 

– Melhor Música Instrumental –

“Amálgama” | Luã de Almeida Pereira | Luã Almeida

“Bons Ventos” | Jana Vasconcellos | Jana Vasconcellos

“Cadê o Bongô?” | Gabriel Arruti | Pirombeira

“Giro do Sol” | Raoní Maciel | Raoní Maciel

“Trezena” | Alex Mesquita | Alex Mesquita

 

– Categoria Música com Letra: Intérprete Masculino –

Achiles | “Mar de Refrigerante”

Artur Carneiro | Kromosons Brazil | “Maya”

Diego Oliveira | Benjamin Existe | “Spark”

Giovani Cidreira | “Um Capoeira”

Kalu | “No Afeto”

 

– Categoria Música com Letra: Intérprete Feminino –

Flavia Wenceslau | “Por Uma Folha”

Karol Guaitolini | “Hoje”

Larissa Luz | “Meu Sexo”

Lívia Nery | “Vulcanidades”

Suzana Bello | “Força da Geração”

 

– Categoria Música com Letra e Instrumental: Intérprete Instrumental –

Ivan Sacerdote | Clarineta |Guararapes

Jana Vasconcellos | Violão | Bons Ventos

Luis Fernando “Louis” Melo | Bateria |  Incerto Adeus

Páris Menescal | Guitarra solo | Incerto Adeus

Raoní Maciel | Violão | “Cadê João?” e “Giro do Sol”

 

– Categoria Música com Letra  e Instrumental: Arranjo –

Branco | Ubiratan Marques | Orquestra Afrosinfônica

Cadê João? | Raoní Maciel | Raoní Maciel

De Qualquer Maneira | Aiace e Paulo Mutti | Aiace

Instante Pra se Lembrar | Grupo Pirombeira | Pirombeira

Maya | André Magalhães |Kromosons Brazil

 

– Categoria Música com Letra e Instrumental: Produção Musical –

André Luis Magalhães Costa Pinto | Maya |Kromosons Brazil

Banda Baiano Mundo | Forte, Valente Coração | Luã Almeida

Larissa Luz, Pedro Tie, Jr Tostoi e Pedro Itan | Meu Sexo | Larissa Luz

Vicente Fonseca e Marcos Franco | Amor de Pavarotti | Gepetto

Rafa Dias e Lívia Nery | Vulcanidades | Lívia Nery

 

– Melhor Videoclipe –

“Bonecas Pretas” | Larissa Luz

“Canto Africano” | Raquel Monteiro

“Kamikase” | Bulb Produtora

“Modo Hard” | Circo de Marvin

“Um Corpo no Mundo” | Luedji Luna

 

– Categoria Videoclipe: Direção –

Egon Costa | Antes do Fim | Semivelhos

Glauco Neves e Bruno Souri |Modo Hard | Circo de Marvin

Glauco Neves e Rodrigo Hohlenwerger | Bonecas Pretas |Larissa Luz

Joyce Prado |Um corpo no mundo | Luedji Luna

Luan Ragedo | Kamikase |Dario Nunes Moreira

 

– Categoria Videoclipe: Fotografia –

Carlos Faria | Ela Diz | Gepetto

Egon Costa | Antes do Fim | Semivelhos

Elísio Lopes Jr e Paulo de Andrade | Linda e Preta | Nara Couto

Luan Ragedo | Kamikase |Dario Nunes Moreira

Pablo Moreno Pires| Canto Africano | Raquel Monteiro

 

– Categoria Videoclipe: Produção –

Adriano Ribeiro | Modo Hard | Circo de Marvin

Bori Filmes / Igo Pereira | Prisma | Vivendo do Ócio

Iago Sarmento (produtor executivo) e Alexandre Pires (produtor) | Kamikase | Dário Nunes Moreira

Nzinga Produções | Bonecas Pretas | Larissa Luz

Semivelhos | Antes do Fim | Semivelhos

 

– Categoria Videoclipe: Roteiro –

Bruno Souri | Modo Hard | Circo de Marvin

Egon Costa | Kamikase |Dario Nunes Moreira

Fabrício Barreto e Fábio Shiva | Abdução de Endubsar |

Mensageiros do vento

Márcio Gurgel | Grande Gandhy | Dó Ré Mi Lá

Max Gaggino | O Racismo Mata | Os Agentes


@premiocaymmi